segunda-feira, 1 de novembro de 2010

CLANDESTINO




CLANDESTINO

Aí vou eu onde vives
andar pela tua rua
ver a lua que tu vês
o teu mar a tua praia
conhecer cada nervura
entranhada no endereço
depois volto para casa
e de ti que me esqueceste
saberei cada detalhe
cada pedaço fatia
que por desamor um dia
tu teimaste em me esconder


💖  Líria Porto  💖
http://liriaporto.blogspot.com.br/