quinta-feira, 14 de junho de 2012

Fênix - Jorge Vercilo

Linda melodia, linda poesia  e a interpretação do Jorge Vercilo,  o qual eu nem curto, foi realmente linda.
 
 
A despeito de muitos comentários acerca do significado de tão bela letra, em vez de teologizar, vou poetizar: 
"Penso que a poesia tem alma na beleza ou em sua ausência; na alegria ou na tristeza; no real ou no imaginário, ou seja, tem alma na vida de seu compositor e  com ela fica quando este se vai."

Magda