quarta-feira, 25 de julho de 2012

Avaliação feita em redes sociais de órgãos do governo mostra descaso - Tecnologia - Correio Braziliense



Muitos devem lembrar das histórias  do passado, em que as mensagens eram por fumaça, tambor ou entregues à cavalo. Eram métodos que podiam trazer mensagens distorcidas ou bem demoradas.

Eu, por minha tenra idade e um passado não tão distante, lembro, no máximo que telefone era um luxo, que escrever cartas  era muito bom e que recebê-las era ainda melhor. Talvez por isso ainda prefira e-mail à métodos outros.

Globalização  é isso: rapidez de informação. E, para corporações e governo,  se adequar e trazer um pouco de "conforto" a quem questiona ou tem um problema, pode ser um santo remédio para não cair no expurgo social das redes.

Vide a matéria do Correio Braziliense de ontem: 

Avaliação feita em redes sociais de órgãos do governo mostra descaso - Tecnologia - Correio Braziliense


Magda