terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Para saudar Mozart, a Orquestra Sinfônica recebe o maestro João Carlos Martins e a pianista Clara Sverner




 

Pianista Clara Sverner fará participação
especial na Orquestra Sinfônica
 
No segundo concerto da temporada de 2013, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro receberá dois nomes celebrados na constelação da música erudita. A noite, em homenagem ao austríaco Wolfgang Amadeus Mozart, será regida pelo maestro João Carlos Martins e contará com a participação da pianista Clara Sverner. O encontro entre eles e a orquestra será hoje, a partir das 20h, na Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro, com entrada franca.

O programa contempla duas composições de Mozart: o Concerto 23 e a Sinfonia 41. Concluído em 1786, quando a ópera Bodas de fígaro estava prestes a estrear, o Concerto 23 implementa um diálogo estreito entre o os solos de piano e a orquestra. Até então, os concertos para piano tinham passagens orquestrais muito simples ou continham um momento específico para o solo. “Além de ser o primeiro freelancer de seu meio, Mozart realmente procurava uma experiência sonora. É considerado o Shakespeare da música”, destaca a pianista, que gravou uma caixa com cinco discos contendo todas as sonatas para piano compostas por ele. Ela participará apenas do Concerto 23.

- - -
 
Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob a regência do maestro João Carlos Martins, realizará grande concerto de gala em homenagem a Wolfgang Amadeus Mozart. No programa: Concerto para Piano e Orquestra nº 23, tendo como solista o clarinetista Clara Sverner, e a Sinfonia nº 41, Júpiter de Wolfgang Amadeus Mozart.

Local: Teatro Nacional Cláudio Santoro - Setor Cultural Norte - Asa Norte - Bilheteria: (61) 3325-6239 ou 3325-6256, das 12h às 20h
Data: Terça, às 20h
Preço meia: Entrada franca (mediante a ordem de chegada)
De: 26/02/2013
Até: 26/02/2013
Informações: 3325-6232 e 3325-6171
 
- - -
 
Mariana Moreira, caderno Diversão & Arte do Correio Braziliense