quinta-feira, 15 de agosto de 2013

CASTRO ALVES

 
 
 
Oh! Bendito o que semeia
Livros à mão cheia
E manda o povo pensar!
O livro, caindo n'alma
É germe – que faz a palma,
É chuva – que faz o mar!