quinta-feira, 22 de agosto de 2013

SINDISERVIÇOS - DF: Trabalhadores Terceirizados, a Bancada de Empresários no Congresso Nacional Quer Acabar com Seu Emprego

 
 
 
Por Imprensa Sindiserviços-DF
 
 
O Sindiserviços-DF via a CUT/Contracs e demais centrais sindicais convocam toda a classe trabalhadora do Distrito Federal e do Brasil para barrar o avanço no Congresso Nacional do PL 4330/2004, de autoria do deputado empresário Sandro Mabel (PMDB-GO), que joga os diretos e as conquistas dos trabalhadores terceirizados no lixo e rasga a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
 
Nesta terça-feira (13), a partir das 9 horas, vamos intensificar nossa mobilização no Congresso Nacional para pressionar deputados a não aprovar o criminoso PL 4330 e seu Substitutivo de autoria do deputado baiano Arthur Maia (PMDB).
 
Existe a possibilidade do Substitutivo ser votado no dia seguinte, 14, pelos 66 parlamentares que compõem a Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJC).
 
O Substitutivo tenta malandramente disfarçar o PL 4330, mas não passa de traição covarde e quer impor a terceirização na atividade-fim – a principal da empresa, abre a possibilidade da empresa funcionar sem nenhum trabalhador contratado diretamente, alem de fragilizar a representação sindical.
 
Ele também acaba com a responsabilidade solidária, àquela em que a tomadora de serviços fica responsável por quitar obrigações trabalhistas não cumpridas pela empresa contratada.
 
Resumindo: a bancada empresarial no Congresso Nacional e a grande maioria dos patrões não querem assinar a sua Carteira de Trabalho e cumprir com a obrigação do recolhimento do FGTS, INSS e demais responsabilidades sociais.
 
Eles querem nos escravizar novamente e intensificar a ganância pelo lucro fácil e espúrio.