terça-feira, 4 de outubro de 2016

in Memoriam, Mike Porcaro



Estou tentando voltar a fazer as coisas que gosto, como por exemplo, curtir as minhas bandas de rock favoritas.

Em se tratando de música, tenho um enorme apreço pelos graves, seja voz ou instrumento (preferencialmente cordas, é claro). Adoro baixo acústico e elétrico. São sensacionais. Dão personalidade, marcam,  chamam a atenção na medida certa. Então, quando vejo e ouço algo tão bacana me dá uma enorme alegria.

A Alegria se tornou em tristeza. Não me lembro de ter lido nada sobre Mike Porcaro  ter falecido vitima de ELA (ou ALS). Morreu dormindo. O sonho de consumo de muitos.

Um músico morrer, já apaga uma estrela... Por essa motivação, então, nem consigo pensar, pois perde-se a capacidade de dar o que nasceu para dar: MÚSICA! E músico que é músico se dói quando não pode tocar.

Deixo minha canção favorita: Rosanna.

Delicie-se.